segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

O Natal está próximo...


O tempo passa... corremos o ano todo e só percebemos a proximidade do Natal quando as lojas, as ruas e os lares começam a se enfeitar com pinheirinhos, luzes, guirlandas, arranjos, presépios, papai-noel...
Neste clima de alegria e confraternização, pessoas de todas as idades, classes e raças se mobilizam a procura de presentes, enfeites, comidas, bebidas, cartões de confraternização, preparando tudo da melhor maneira possível para as festividades. E não há nada de mal nisso, desde que não nos desviemos do foco do Natal, o nascimento de Jesus.
Apesar de ser um tempo, no qual nos tornamos mais acolhedores e mais solidários, nem sempre elevamos nosso pensamento e nosso coração no real sentido do Advento.
Fica aqui um questionamento: Qual o objetivo de toda essa preparação e qual o sentido do Advento para nós?
Temos consciência de que ao celebrarmos o Natal fazemos memória ao nascimento do Deus Encarnado, que veio morar entre nós?
Estamos fazendo do Advento um tempo de espera e preparação interior, para acolher aquele que é o real motivo de existir o Natal, Jesus Cristo?
Que presente estamos preparando para o aniversariante homenageado no Natal?
Estamos voltados para as riquezas do alto, acolhendo Jesus em nosso coração, em nossa família, na sociedade ou encontramo-nos mergulhados na beleza das luzes coloridas, na riqueza dos enfeites e no consumismo?
Percebemos a presença de Jesus no irmão que passa necessidade, no doente, no excluído e naquele para quem Jesus ainda não nasceu?
O Advento é um tempo propício à reflexão, à oração e à conversão. Preparemo-nos espiritualmente para acolher o Emanuel, o Deus-conosco, que veio a esse mundo para nos salvar e deixar uma mensagem de fé, de esperança e de amor!
Que o nosso coração seja uma manjedoura que acolha o Menino Jesus; que o nosso lar seja uma gruta, onde Maria e José encontrem abrigo e que o Brasil seja um grande presépio, onde Jesus possa ser reconhecido e acolhido como Senhor e Salvador!
“O Verbo se fez carne e habitou entre nós” (Jo 1,18).

FELIZ NATAL!

Rosemary de Ross - Pato Branco (PR)

Fonte: rosemaryross

3 comentários:

Dri Viaro disse...

Que seu Natal seja repleto das bençãos de Deus.
beijos

Sylvia disse...

As vezes penso no que sucederia se Maria e Jose andassem por ai, na rua, sos, batendo de porta em porta a procura de abrigo para o Menino nascer. Aqui, ninguem os acolheria - estrangeiros, sem dinheiro, sem referencias, sem passado no UK. Foi o que nos aconteceu a nos. Foi um sarilho para alugarmos uma casa. Sei que no Brasil e diferente - povo caloroso, solidario, amigo. Portugal tambem e diferente. Voce tem razao. Feliz Natal para voce e todo o povo brasileiro, que tambem e o meu povo de coracao.

Anônimo disse...

manager hoist vknsk weighing choose avoncv webbased finish mrcs versions weblog
semelokertes marchimundui

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails