quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Da minha janela


Da minha janela vejo o mundo...
O crepúsculo de cada dia...
A sinfonia dos pássaros a cantar...
O sino do convento a badalar...
O cair da chuva...
As gotas de sereno em noite de luar...
E o vento a me abraçar.

A alegria que emana das pessoas, muitas delas distraídas, apressadas, enamoradas e às vezes perdidas, pais e crianças a brincar.

E neste cenário encantado, que reluz o mais lindo dos sonhos, há uma explosão de sentimentos, que invade de alegria meu coração.

E, da janela da vida, observo tudo que vejo...
Vejo sonhos serem esculpidos...
Vejo a magia da vida.

Sarah Janaína Leibovitch

Fonte: bilibio

3 comentários:

Fatima disse...

Da minha janela eu vejo a garagem do meu vizinho com o carro dos meus sonhos: Gran vitara.
Tudo bem, dá pra ver tb as montanhas, e os ipés floridos.
Bjs.

Novidades e Curiosidades disse...

Bem bonito, gostei.
Tenho um selo pra você no meu blog não sei bem mas acho que vou postar hoje. Seu blog está bem legal como sempre, continue assim!!!
Kiss

Anônimo disse...

O poema - DA MINHA JANELA.
É lindo, foi feito por carioca de 11 aninhos de idade.
É puro talento...Que Deus inspire sempre essa MENINA POETA ESTRELA, SARAH jANAÍNA lEIVITCH.

Parabéns para poetinha, que está sendo públicado um dos seus poemas CRIANÇA CIDADÃ, no VXII Congresso de Poesia- em Bento Gonçalves- RS
Ela tem blog, flog, ela participa do comunidade Poema a Flor da idade , da poetisa e jornalista Soninha Porto.
Veja um dos Blogs que ela participa:
http://poemasflordaidade.blogspot.com/

Parabéns para seu blog.

Abraços.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails